Passa volume e passa documento são seguros?

Tempo de leitura: 1 minuto

O passa volume e o passa documento são fundamentais para transferir dinheiro e objetos de valor entre ambientes, principalmente em salas cofre, tesourarias, bunkers, guaritas, entre outros. Por meio desses recursos, é possível fazer transferências sem a necessidade de contato entre as pessoas.

Há diversos tipos de passa documentos, mas os mais conhecidos são:

Gaveta: Ideal para a passagem de documentos, de dentro para fora e vice-versa, desde que a pessoa que estiver do outro lado libere a abertura. Funciona com a abertura de um dispositivo que remete a uma gaveta que vai abrindo aos poucos para que possa ser depositado o volume e logo em seguida fechado para ser levado para outro lado.

Giratório: Esse tipo de passa documento é semelhante ao anterior, porém, funciona por meio do giro de um dispositivo e não da abertura do mesmo. A passagem do documento pode ser realizada de um lado para o outro, de acordo com o movimento.

Boca de lobo: Permite que os documentos sejam enviados de fora para dentro. Nesse caso, o acesso à boca de lobo se faz com uma chave e senha para que o depósito possa ser feito. Diferentemente dos anteriores, esse passa documento não precisa necessariamente que tenha uma pessoa no interior da sala para pegar o malote. Isso porque o próprio sistema permite inserir o volume por uma única entrada, conduzindo-o ao interior da sala.

2 em 1: Esse modelo serve para a passagem tanto de dentro para fora, como de fora para dentro. Ele é a junção dos sistemas boca de lobo e gaveta.

Na sua empresa, você utiliza o passa volume ou o passa documento? Se sente seguro com esses recursos? Conte para a gente nos comentários!