Blindagem residencial garante mesmo a segurança?

Tempo de leitura: 4 minutos

Você está sentado no sofá quando, de repente, ouve uns barulhos suspeitos do lado de fora. Parece que alguém está tentando invadir a sua casa. Se você optou pela blindagem residencial como forma de segurança, as chances da ação dos bandidos se concretizar é mínima. No entanto, se sua residência não é blindada, é melhor repensar e optar por esse recurso, antes que esteja exposto, desnecessariamente, a uma situação de risco.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) e publicada em uma reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, a cada hora, pelo menos um lar paulista é invadido. Em comparação há três anos, o número de roubos a residências foi maior em 2016. Apenas no ano retrasado aconteceram 10.905 roubos dessa natureza, elevação de 8,5% em comparação a 2015.

E não para por aí. Os casos de assaltos a residência que tem a morte como desfecho são mais comuns do que imaginamos. 1 em cada 255 casos ante, por exemplo, a probabilidade em ocorrências contra estabelecimentos comerciais (1 em casa 655) ou cargas (1 em 11.466). Essas informações são de uma pesquisa do Instituto Sou da Paz, que há 15 anos trabalha pela redução da violência no Brasil.

Diante desses dados, ainda há alguma dúvida de que a blindagem residencial pode ser a alternativa mais indicada para garantir sua segurança e da sua família no seu lar? No entanto, você sabe quais são os itens da sua casa que podem ser blindados? Continue a leitura do nosso artigo e saiba mais!

Vidro blindado: segurança para a blindagem residencial

O nível de proteção dos vidros blindados, assim como todos os itens da blindagem residencial, são decididos de acordo com as suas necessitas em conversa com o consultor comercial da blindadora. No entanto, os níveis existentes são: II, III, III-A e III.

Para garantir a sua segurança e da sua família, os vidros blindados se assemelham aos que não contam com proteção balística. Essa é uma forma de garantir que os bandidos não sejam capazes de notar qual tipo de vidros são utilizados na sua residência.  

Porta blindada: a entrada da sua casa mais segura

A porta é a principal entrada da sua casa e onde os bandidos costumam ir primeiro. Para que você e sua família se sintam seguros, é recomendada que ela seja blindada e tenha uma fechadura multidirecional com pontos de travamento resistentes a qualquer tipo de arrombamento.

Capaz de proteger contra tiros e pancadas bruscas, a porta blindada é desenvolvida de acordo com o nível de segurança que você desejar. Para isso, é necessário conversar com o consultor comercial da blindadora e informar quais são suas preocupações, indicações e orientações.

Janela blindada: para evitar que bandidos invadam sua casa

Responda rápido: Quando os bandidos não conseguem arrombar a porta, para onde eles vão? A janela é o segundo ponto mais utilizado pelos bandidos em roubos de casa. Para evitar que essa situação de risco ocorra, você pode optar pela blindagem das janelas da sua residência.

Além de oferecer proteção contra invasões, a janela blindada protege contra balas perdidas e outros tipos de vandalismo. A espessura dos vidros para uma janela blindada pode ser de 28 ou 54 milímetros, protegendo o seu imóvel com muita eficiência.

Posso blindar apenas uma janela do meu imóvel? O recomendado é que todas as janelas sejam blindadas. Afinal, não há uma forma de prever imprevistos nem saber, antecipadamente, qual janela sofrerá o ataque.

Parede blindada: proteção máxima da blindagem residencial

Se você deseja proteger a sua casa de forma completa, além da porta e das janelas, opte pela parede blindada, que pode ser colocada em cômodos específicos da sua residência, como quartos, salas e escritórios.

A parede blindada também pode ser utilizada em todos os cômodos da sua residência, não apenas em cômodos específicos. E a blindagem também pode ser solicitada até em imóveis prontos, oferecendo proteção máxima para a sua família.

Afinal, a blindagem residencial é um investimento?

A blindagem residencial, sem sombra de dúvidas, é um investimento que você pode fazer em segurança para o seu lar. No entanto, além de todos esse recursos, é recomendável apostar na utilização de câmeras de segurança e até mesmo alarmes, que podem ajudar na proteção da sua residência.

Você já pensou em optar pela blindagem residencial para garantir a sua segurança e da sua família? A sua casa já é blindada? Responda nos comentários e compartilhe nosso artigo nas redes sociais!

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *