Mitos e verdades na hora de limpar o vidro do carro blindado. Descubra!

Tempo de leitura: 1 minuto

Os motoristas de carros blindados ou aqueles que pretendem blindar o veículo possuem uma dúvida comum: Como deve ser feita a limpeza dos vidros?

A forma ideal de limpar o vidro blindado é utilizar somente água e panos limpos. Produtos com solventes são prejudiciais, pois podem ocasionar uma reação química. Qual a consequência disso? O aceleramento do processo de delaminação e o aparecimento de pequenas trincas internas. Esses pequenos danos podem prejudicar a blindagem.

Para evitar os riscos, também não é recomendado que ventosas sejam fixadas nos vidros, já que podem danificar o policarbonato que é a camada interna do vidro blindado, causando microtrincas. Isso é considerado mau uso e pode acarretar na perda da garantia do blindado.

Hoje em dia vidros blindados são muito utilizados para a proteção, não só de carros, como de guaritas e estabelecimentos residenciais e comerciais. O vidro blindado foi descoberto ao acaso pelo cientista francês Edouard Bénédictus, em 1909, quando ele deixou cair um recipiente de vidro que continha uma solução de nitrato de celulose, uma espécie de “plástico líquido”. Após esse feito, o químico notou que os pedaços do vidro racharam, mas que mantiveram o formato do frasco. A partir daí surgiu a primeira versão do vidro à prova de balas, que usava uma folha de celuloide entre as lâminas.

Quer saber mais sobre a blindagem automotiva? Acesse o site da Target Blindagens: http://targetblindagens.com.br ou baixe nosso Manual Definitivo de Blindagem Automotiva: http://targetblindagens.com.br/ebook .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *